Boxe

COB pede revisão da derrota de Esquiva Falcão para japonês em Londres

Na oportunidade, brasileiro foi punido com dois pontos determinantes para a prata
17/08/2012 18:03 - Atualizado em 17/08/2012 18:11
Por AHE!
RIO

O Brasil pode pular de três para quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres. Isso porque, nesta sexta-feira, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) enviou carta à Associação Internacional de Boxe (AIBA) solicitando revisão do resultado da final do boxeador Esquiva Falcão contra o japonês Ryoto Murata (categoria até 75kg).

Na oportunidade, o brasileiro, que foi punido com a perda de dois pontos na luta, acabou superado por 14 a 13. O COB resolveu agir após o árbitro polonês Mariusz Gorn, em uma entrevista, ter se arrependido da punição.

 

Veja mais: Esquiva Falcão perde para japonês e fica com a medalha de prata

O polonês, ainda segundo declarações na imprensa, admitiu ao oficial brasileiro Jones Kennedy que a punição por excesso de contato físico acabou definindo o resultado final e que a mesma só foi aplicada porque Mariusz Gorn achava que o atleta brasileiro não seria tão prejudicado pela punição.

 

Veja mais: Com sinais de depressão, David Lourenço é encontrado na casa de amigo

- Tudo indica que houve um erro de interpretação do árbitro, por isso pedimos que a AIBA reveja o resultado final da luta. O COB tem o dever de lutar pelos interesses dos atletas brasileiros - afirmou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.

 

Veja mais: Presidente da CBBoxe: "As críticas do pai de David Lourenço não procedem"


compartilhar no