Natação

Rival de Cesar Cielo e mais quatro confessam uso de substância proibida em Londres

Australianos podem ser punidos com a perda de patrocínio para próximo ciclo olímpico
22/02/2013 15:21 - Atualizado em 22/02/2013 16:09
Por ahe!
RIO

James Magnussem foi um dos acusados - Leon Neal/AFPUm dos principais rivais de Cesar Cielo nas provas de velocidade, James Magnussen e outros quatro atletas da seleção australiana de natação confessaram, nesta sexta-feira, o uso da substância Stilnox, proibida pelo Comitê Olímpico Australiano, nos Jogos de Londres, no ano passado. A medicação, usada pelos atletas numa festa em Manchester, é utilizada para combater a insônia.

A entidade máxima do esporte olímpico australiano pode punir os atletas que nadaram o 4x100m livre (James Magnussen, Eamon Sullivan, James Roberts, Matt Target, Tommaso D'Orsogna e Cameron McEvoy) com a perda de financiamento para o próximo ciclo olímpico.

- Uma das razões pelas quais concordei em participar daquela noite foi que estava me sentindo muito pressionado. Minha intenção era só ser normal por uma noite. Obviamente, olhando para trás agora, foi uma escolha ridícula. Eu me arrependo muito, mas não acho que tenha afetado minha performance – disse Magnussen.

Em Londres, a equipe australiana obteve o pior resultado em Olimpíadas nos últimos 20 anos, com apenas dez medalhas, sendo uma de ouro. Além de ficar sem patrocínio, os atletas correm o risco de ter que devolver as premiações que receberam na Inglaterra.


compartilhar no