Boxe

Câmera escondida de TV filmando Maguila no hospital irrita sua mulher: 'serão punidos'

Irani Pinheiro fala ainda em 'falta de respeito, conduta desprovida de ética'
17/07/2014 08:35 - Atualizado em 17/07/2014 15:09
Por ahe!
RIO

Uma câmera escondida, do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, na quarta-feira, filmando Maguila internado na Santa Casa de Misericórdia, em São Paulo, irritou a família do ex-pugilista brasileiro. Internado desde abril, ele sofre de Mal de Alzheimer e Dementia Pugilistica.

A mulher de Maguila, Irani Pinheiro, reprovou a atitude da emissora de televisão e considerou o episódio como "falta de respeito, conduta desprovida de ética" e ainda completou: "serão punidos".

 

Veja mais: Esquiva busca quarta vitória como profissional contra americano

Maguila teve o Mal de Alzheimer diagnosticado em 2010 (exatamente uma década após abandonar os ringues). Diante de uma doença degenerativa e sem aceitar tomar a medicação adequada ao tratamento, o ex-lutador piorou no fim de 2012 e ficou internado por três semanas. Desde então, os médicos descobriram que ele sofre de Encefalopatia Traumática Crônica do Boxeador (Dementia Pugilistica), caracterizada por declínio cognitivo, alterações de comportamento e sinais parkinsonianos.

 

Veja mais: Yamaguchi Falcão 'atropela' pugilista de Porto Rico e segue invicto

Maguila, que tem 56 anos e lutou entre 1983 e 2000, disputou 85 combates. Ele obteve 77 vitórias (61 por nocaute), sete derrotas e um empate. As principais lutas do sergipano foram contra os americanos Evander Holyfield e George Foreman, ambas terminaram com triunfos dos estrangeiros.

 

Veja mais: Ex-campeão mundial apaga oito velas com apenas um jab; assista ao vídeo

Confira o que escreveu a equipe de Maguila no Facebook  

Hoje (quarta-feira) o programa Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes de Televisão, de forma desleal, desrespeitou o direito de imagem e privacidade do nosso campeão Adilson Maguila Rodrigues. Com uma conduta desprovida de ética e uma câmera escondida, roubaram imagens sem seu consentimento. Invadiram o local onde ele, com ajuda de profissionais, familiares e amigos verdadeiros, tem lutado e se recuperado física e mentalmente.

Peço a todos que respeitam o atleta, o herói nacional e o homem que sofreu esta agressão, se posicionem contra este tipo de atitude. O Maguila, que está sendo cuidado por excelentes profissionais e cercado de carinho verdadeiro, mandou o seguinte recado:

“Eu apareço quando quero, fiquei chateado e não acredito que quem faz isso gosta de mim! O que ele quer é audiência, coisa que eu sempre tive trocando porrada sem dar golpe baixo”.


compartilhar no